Modelos familiares e formas de parentalidade

DURAÇÃO
25 Horas

PROXIMA AÇÃO
08-06-2020 | Mirandela

PREÇO
0.0
OBJETIVOS DO CURSO
Identificar os modelos familiares e as diferentes formas de parentalidade.
Colaborar com a família na defesa do superior interesse da criança.
Conciliar a vida familiar com a atividade de ama.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS:
Evolução e perspetivas da dinâmica familiar
Diversidade de modelos familiares
Formas de parentalidade: biológica, adoção, apadrinhamento civil, acolhimento familiar e tutela
Colaboração com a família
Estilos educativos parentais
Adaptação a diferentes contextos familiares
Estratégias de gestão e prevenção de conflitos
Conciliação da vida familiar e vida profissional

Enquadramento:
A forma como os pais exercem a sua função parental é bastante diversificada e tem variado ao longo dos tempos conforme os grupos culturais. As ideias que temos sobre a educação dos filhos diferem de pessoa para pessoa porque são uma faceta importante da nossa personalidade e da nossa filosofia de vida. Mesmo os teóricos da educação têm pontos de vista variados que talvez reflictam este facto. Exemplificando: para alguns, as pessoas devem ser educadas em colaboração com os seus pares (irmãos, amigos, etc.) através do treino na resolução de problemas e nesta aprendizagem pais, professores e outros familiares participam como conselheiros. Para outros, a natureza humana é a mesma em qualquer sítio e ao longo dos tempos e, portanto, as pessoas devem ter todas a mesma educação consistindo no treino da razão (do raciocínio) e no estudo dos produtos mais importantes da actividade humana: a literatura, a filosofia, a história, a ciência, etc. Para outros ainda, a educação deve ser tradicional, trabalhosa e estritamente controlada pelo educador. Finalmente, para outros a educação deve visar objectivos sociais: a construção de uma sociedade nova, democrática, controlada pelo povo, baseando-se nos dados das ciências do comportamento. Os pais podem ser afectivos, compreensivos e autoritários. Para perceber estas diferenças é necessário conhecer as crenças e valores dos pais. Nas sessões de reflexão sobre as práticas educativas e sobre as dificuldades que os pais enfrentam na educação dos filhos, procuro compreender como decorreu o processo educativo desde o nascimento. Está muito generalizada entre os psicólogos a ideia de que há diferenças no «estilo» e nas «práticas» parentais. «O estilo parental define-se como sendo a forma como os pais se relacionam com os filhos.» Reflecte o clima emocional em que decorrem as relações entre ambos e revela-se em aspectos como o tom de voz, a linguagem corporal, a formalidade no trato e as mudanças de humor. «Exprime-se também por um conjunto de estratégias que os pais utilizam no seu quotidiano com os filhos e que visa instruí-los em aptidões em diferentes domínios (académico, social, afectivo) e em determinados contextos.» É uma forma de controlo em que se usam explicações, punições e recompensas numa supervisão e disciplina consistentes.

CERTIFICAÇÃO:
De acordo com os critérios de avaliação definidos, serão emitidos os seguintes certificados: - Um certificado comprovativo de aprovação na ação aos/às formandos/as que tenham cumprido os critérios de avaliação estabelecidos, da Plataforma Sigo.

DURAÇÃO:
25 Horas

DESTINATÁRIOS:

Idade:
dos 18 aos 65 anos

Escolaridade mínima:
1º ciclo (4º ano)

Documentação necessária:
- Cartão de cidadão
- Certificado de habilitações
- Comprovativo de Situação face ao emprego (Recibo de Vencimento, inicio de atividade, declaração do IEFP…)
- Declaração do horário de trabalho
- IBAN 1º TITULAR



MODALIDADE
E-Learning

HORÁRIO
Pós-laboral

PROXIMA AÇÃO
08-06-2020 | Mirandela

PREÇO
0.0

OUTRAS INFORMAÇÕES